Minha academia poderia ser um lugar tão legal

Minha academia é como aquele moço que teria tudo para ser lindo, mas é indisfarçavelmente estrábico. Ou como aquela moça que teria tudo para ser de esquerda, mas insiste em ler o Paulo Henrique Amorim.

Assim é minha academia: teria tudo para ser um lugar sumamente agradável.

Ela está localizada em um bairro delicioso, arborizado, com a temperatura sempre um ou dois graus abaixo do que no bairro onde moro.

Como se esse frescor natural não bastasse, recentemente eles instalaram um ar-condicionado que transformou o ambiente praticamente na seção de congelados do Pão de Açúcar.

Existem cadeiras confortáveis lá, junto a mesas que parecem convidar a um lanchinho.

E por falar em lanchinho, às vezes eles dão bananas na saída.

(A propósito, não entendo por que é que apenas as academias tiveram a maravilhosa ideia de distribuir bananas na saída. Por mim, todo e qualquer estabelecimento deveria adotar essa prática. Biblioteca, pet shop, posto de gasolina – o cliente está indo embora? “Volte sempre, tome aqui uma banana.” Satisfação garantida a custo – literalmente – de banana.)

Há bebedouros com um suprimento infinito de água refrigerada.

O três-gê da Vivo pega bem.

E, de minha parte, sempre levo lindos disquinhos no aipode e ótimos livrinhos no quíndou quando vou lá.

Como se vê, um lugar que teria tudo para ser magnífico.

Minha academia tem um único defeito:

Os aparelhos de musculação e de ginástica.

Não fosse por eles, eu iria lá todos os dias.

Anúncios

4 comentários sobre “Minha academia poderia ser um lugar tão legal

  1. Isso é songomongo? Isso é REALIDADE!

    (isso me lembrou da minha saudosa academia na Alemanha eu dava isotônico grátis durante os exercícios e tinha um buteco com máquina de cigarro – sendo permitido fumar lá dentro – pra lembrar-nos o que é importante na vida =p )

  2. Já andei lendo alguns textos seus que gostei bastante mas ao ler esse, tive de comentar. Você tem a mesma ideia que eu das academias. Já rodei várias e por mais legais que se mostrem… Ai, dá um desânimo encarar os aparelhos! Só agora que me encontrei numa academia de pilates. Estou amando! Parabéns pela escrita. Acho que vou virar freguesa!

Os comentários estão desativados.