Apenas leio

Uma das muitas vantagens de se acreditar em Deus é o conforto que a oração proporciona. Você pode não ter nenhuma garantia de que o pedido de sua oração será atendido, afinal isso é com o Cara Lá de Cima de que nos fala Xuxa; mas, mesmo que tudo dê errado no final, ao menos você tem a reconfortante sensação de que botou o time em campo, de que fez a sua parte, de que foi brasileiro e não desistiu nunca. Essa sensação de ter algum controle sobre as coisas é sempre muito reconfortante.

Eu, que não tenho nenhuma crença metafísica onde me apoiar, leio.

A cada tragédia, cada desastre político, cada desastre natural: leio. Abro quinze abas no navegador e – leio. Leio o mesmo artigo três vezes, de preferência de trás pra frente, depois de frente pra trás, se possível em três idiomas, se impossível abro novas abas. Leio até não entender mais nada, leio até bocejar, leio até não saber mais quem compartilhou aquele link, onde estava aquele comment, onde foi parar aquela entrevista. Leio até chorar, leio até cair. Leio até rir.

E, às vezes, escrevo.

Anúncios

2 comentários sobre “Apenas leio

  1. Eu já acho o contrário, acho que quando as pessoas rezam elas estão entregando o controle nas mãos do Deus delas. Acho que é gesto de humildade: não controlo nada, vou suplicar a quem controla.
    Queria ter tanta vontade assim de ler.
    Adoro seus textos.
    Abraço.

Os comentários estão desativados.