Mais leitor, por favor

Por mais que a gente questione o capitalismo, a monogamia, a religião e tudo isso que gente mala como eu adora questionar, com certas coisas não tem jeito: não adianta contra-argumentar, reclamar nem espernear. Certas coisas foram criadas para acontecer sempre de um determinado jeito e numa ordem precisa. Tentar mudá-las não vai fazer com que você seja visto como um sujeito revolucionário – vai apenas deixar claro para o mundo que você ainda não passou vergonha suficiente na vida.

São estas as coisas inquestionáveis e sua ordem precisa de realização:

– Ao lavar a cabeça —> primeiro passar o xampu, depois enxaguar.

– Ao calçar o sapato —> primeiro vestir a meia, depois o sapato.

– Ao comentar texto na internet —> primeiro ler o texto, depois comentar.

Repare que ninguém está dizendo que essas atividades *precisam* ser realizadas a qualquer custo. Muito pelo contrário: você pode passar um dia absolutamente feliz com os cabelos sequinhos, descalço e por fora da última polêmica da internet.

Mas, se quiser levar a cabo qualquer uma das tarefas acima – por favor, não invente. Saiba, além disso, que um cabelo empastelado de xampu mal-enxaguado e uma meia esgarçada por cima do sapato não são nada perto da vergonha alheia que se sente ao ler um comentário de alguém que claramente não leu o texto que pretendia criticar.

Que mais amor o quê – o mundo precisa de mais leitor, por favor.
Anúncios

6 comentários sobre “Mais leitor, por favor

  1. Huahauhauahauha, adorei o texto e concordo plenamente com ele…

    Mas enquanto lia o texto, lembrei do “no-po/co-wash”, técnica que consiste em lavar os cabelos usando apenas condicionador (é utilizada em cabelos cacheados – parte do principio de que o xampu usado frequentemente resseca demais os fios. Mais informações: http://www.clubedocabeloecia.com.br/2012/09/no-poo-low-poo-co-wash.html).

    E bom, quis comentar essa inutilidade que em nada tem a ver com o texto, mas que me sosou divertida…

Os comentários estão desativados.