Desmilitarizar é só o começo

Para que serve a polícia? Lendo as contas de twitter oficiais das polícias militares do Rio de Janeiro e São Paulo, a resposta não demora a aparecer: descontados os tuítes sobre as manifestações, o tema que mais aparece é droga. PM prende quadrilha com drogas, PM apreende grande quantidade de drogas, PM prende traficantes e apreende drogas, drogas são apreendidas pela PM e todas as mínimas variações possíveis desta mesma afirmação. Suponhamos por um instante, para o bem do argumento, que não existem acordos entre a PM e o tráfico: a principal função da PM, ao que parece, é prender fabricantes e vendedores de produtos para os quais, enquanto houver id nos aparelhos psíquicos deste mundo, sempre haverá demanda.

Então, na prática, a PM tem servido, basicamente, para: 1) cumprindo a lei, impedir o comércio de produtos que muito menos trabalho dariam se fossem legalizados; 2) descumprindo a lei, impedir a ocorrência de protestos que, enquanto a Constituição Federal estiver em vigor, são absolutamente legais.

Com isso, sobra muito pouco tempo e dinheiro para a polícia correr atrás dos velhos e maus crimes – aqueles mesmos, de roubo, estupro e assassinato, para ficar apenas em alguns dos mais obviamente chocantes.

Desmilitarizar a PM é um bom começo, mas ainda é pouco. Só teremos uma avanço profundo no respeito aos direitos humanos neste país quando nossa legislação antidrogas for profundamente modificada.

Anúncios

9 comentários sobre “Desmilitarizar é só o começo

  1. Pingback: Para que serve a polícia? | Política Mundial

  2. Por que este é um tema tão pouco discutido? A ONU já recomendou isso ao Brasil, e teve gente falando que não era nada disso, que era erro de tradução do relatório. A princípio me parece que seria interessante uma campanha explicando didaticamente o que representaria o fim da Polícia Militar, o que e como seria o policiamento ostensivo nas cidades. Não sei se temos isso muito claro. Tem gente confundindo a desmilitarização da polícia com anarquia (não é brincadeira, recentemente escutei este argumento). Dizer que é substituir o “Militar” por “Civil” é superficial demais. Precisa explicar o que muda na formação do policial, o que muda nas ações da polícia, como isso vai mudar a viatura que passa no seu bairro. Legal você lembrar do assunto!

  3. A legalização de certos tipos de drogas não é recomendável. Não falo nada da maconha, mas libera o comércio do crack pra ver só o que acontece. As pessoas têm a tendência de se valer de argumentos liberalistas quando não se defrontam diretamente com o problema, que é muito maior do que se supõe. Já quanto à Polícia Militar, é de se pensar. De todo modo, a discussão sobre o assunto é sempre muito bem-vinda.

  4. Meu primo ajuda drogados a saírem do vicio. Vemos o estrago que o crack e a cocaína estão fazendo aos jovens que perderam o sentido da vida. Assim como o Dep. Fernando Chiarelli, eu acho que traficante bom é traficante morto. Não acho que liberar o consumo vai ajudar esses jovens drogados. Vai apenas permitir que morram mais rápido. Ou será que é esse o objetivo? Controle populacional?

    • É justamente esse o ponto!!! com o dinheiro que se gasta militarizando a polícia, construindo presídios para traficantes, o gasto com toda a burocracia, desde o fórum até a delegacia. Tudo isso poderia ser revertido em CLINICAS para dependentes químicos. Laboratórios poderiam trabalhar com as substâncias que hoje são proibidas, extraindo delas o seu melhor, assim como o Soro Antiofídico é retirado do próprio veneno!!! imagina todo esse valor? o que seria melhor para o “viciado” ? continuar comprando drogas sem procedência em becos imundos ou em uma ‘farmácia’ ? correr o risco de ser PRESO (e de graça fazer uma faculdade do crime) ou correr o risco de ser internado em clínicas especializadas???

      • Sérgio, a unificação das polícias civil e militar é um pedido recorrente da ONU e uma interferência à nossa soberania nacional. É a mesma ONU que incentiva o desarmamento da nossa população de modo que fiquemos totalmente indefesos contra os bandidos.

        A BandNews fez uma reportagem na sexta passada mostrando como o governo não está cumprindo a lei, desrespeitando na maior cara-de-pau a escolha da população no referendo de 2005:

        http://mais.uol.com.br/view/cphaa0gl2x8r/referendo-popular-sobre-desarmamento-ocorreu-em-2005-0402CD1B3272E4A94326

        A PM comete abusos, mas a Polícia Civil também. Abusos devem ser investigados e punidos. Mas quando a PM mata estupradores, traficantes e assassinos, por que não é elogiada?

  5. Camila, parabéns!!! ótimo assunto para ser abordado!!! está na hora de acabarmos com os mitos desse nosso país!!!!!!!!!!!! Legalização e desmilitarização já!!!

Os comentários estão desativados.