Receita-abobrinha

Macarrão de última hora para 1 pessoa, receita no 987654321: numa frigideira grande, refoga meia cebola no azeite, refoga. Deixa transparentinha (põe sal), refoga. Fatia fininho aquela parte verde-escura do alho-poró que almas menos evoluídas dizem que é pra jogar fora, fatia. Joga lá com a cebola (põe mais um tiquinho de sal). Refoga, refoga. Fatia meia abobrinha bem fininho. Abre um buraco no meio da frigideira espalhando as cebolas e alhos-porozinhos para os cantos. Espalha as rodelas de abobrinha no centro da frigideira, espalha. Espalha de modo que elas entrem em contato com o fundo da panela o tanto quanto possível. Não amontoa a abobrinha, não amontoa. Põe sal, pimenta do reino, um tiquinho de curry. Refoga, refoga. Vira a abobrinha quando estiver começando a ficar molinha, vira. Pode pôr os temperinhos desse outro lado da abobrinha também se você for um devoto da simetria, ô se pode. Rala parmesão, rala, rala. Quando a abobrinha estiver molinha mas ainda firminha, joga vinagre de vinho tinto, joga. Fica segurando o vidro de vinagre aberto de cabeça pra baixo em cima da frigideira uns quatro segundos. Três é pouco, cinco é muito, quatro tá ótimo, ótimo. Rapidinho o vinagre evapora, rapidinho. Pega a massa que tava fervendo esse tempo todo e joga na frigideira, joga. Coloca também o queijo ralado em cima da massa. Mistura, mistura. Prova. Não tenha medo de pôr mais vinagre se os quatro segundos não tiverem sido suficientes, tenha coragem. Como você saberá que os quatro segundos não terão sido suficientes, como? Você saberá porque a abobrinha terá gosto de abobrinha e não desta outra coisa, que é abobrinha com vinagre e cebola e curry e pimenta e parmesão ralado. Se não estiver com esse gosto ainda, pode sim pôr um pouquinho mais de vinagre. E quando chegar nesse gosto, que é o gosto da abobrinha com vinagre e cebola e curry e pimenta e parmesão ralado, você come. Come, come, come.

Anúncios

7 comentários sobre “Receita-abobrinha

  1. Primeira receita “partido alto” que já vi:
    “Quem é do mar não enjoa, não enjoa
    Chuva fininha é garoa, é garoa.
    Homem que é homem não chora! Não, não chora.
    Quando a mulher vai embora, vai embora”.

    • Já ouvi que era uma receita no estilo psicanalítico recordar-repetir-elaborar (ênfase no repetir), mas confesso que gostei mais da sua definição :-)

  2. No meu terceiro semestre de facul, fiz as seguintes disciplinas

    : – Equações Diferenciais – Eletricidade – Mecânica – Física III – Probabilidade e Estatística.

     O final do semestre foi tão punk, que no último mês eu nem ia mais nas aulas. Acordava as 6h da manhã, fazia uma jarra de café e estudava até as 11h da noite. Tinha dias tão loucos que eu nem me lembrava de comer. 

    Aí me vem um idiota que estudou Relações Públicas ou Design querer se formar ouvindo algum professor fracassado com cara de m*** que inventou alguma “teoria da comunicação visual aplicada à organização” ou o raio que o parta dizendo que o salário é injusto.Essa é boa.

    Quis escolher curso coxa? Aguente as consequências. Ou então junte-se ao papinho da auora, chamando o trabalho dos outros de tedioso.  

Os comentários estão desativados.